Login



Ciclo de palestras
Sáb, 25 de Fevereiro de 2012 08:40

Recepção do Campus Muzambinho e qualidade dos palestrantes são destaque no 3º Congresso de Educação da Amog

01Nesta 3ª edição do Congresso de Educação da Amog, os serviços oferecidos no IFSULDEMINAS – Campus Muzambinho têm chamado a atenção dos participantes. O posto de vendas da Cooperativa Escola é um dos locais mais visitados. Os professores estão em busca dos produtos vindos diretamente da Agroindústria. Os mais procurados são o iogurte, o doce de leite, as geleias e o mel. As refeições servidas são também alvo de elogio. Em acordo com a Amog e a FHO/Uniararas, o Instituto está responsável por toda a parte de alimentação do congresso. Além disso, os intervalos para o café estão sendo embalados pelas músicas interpretadas pelo aluno João Andreazzi e o professor Leonardo Vilhena.

“Estou muito contente com o evento porque é uma rica oportunidade de aprendizado para nós, educadores. É sempre gratificante poder aperfeiçoar o nosso trabalho. Nota 10 para o Campus Muzambinho, pela recepção e os produtos agrícolas e agropecuários, que são excelentes”, comentou a professora Solange Honório, que veio de Monte Santo de Minas.

Palestras

A programação de palestras é outro destaque. Na manhã de sexta, 24, as professoras da licenciatura da FHO/Uniararas, Cláudia Cristina Guilherme e Natália Ribeiro Gonçalves, deram um “show”, segundo a avaliação dos participantes. Elas falaram sobre as relações humanas dentro da sala de aula, abordando a questão do sujeito contemporâneo, da relação com o consumo e do conflito de gerações. As palestrantes esbanjaram simpatia e cantaram diversas músicas para ilustrar o assunto tratado.

16“A ideia é mexer com as pessoas para que elas levem isso para sua escola, para a sua cidade, com o objetivo de mudar uma sociedade. A partir do momento que você muda pessoas, você consegue mudar organizações e até mudar governos”. Com esse mote, o professor da pós-graduação da PUC e da Especialização em Gestão Pública do Campus Muzambinho, Flávio Tofani, também chamado de tio Flávio, levou conceitos de marketing educacional para serem pensados durante o 3º Congresso de Educação. Irreverente, ele introduziu o conceito de valor, explicando que é preciso pensar o ensino de maneira diferente do que se pensava antigamente. “Marketing educacional é um movimento que faz com que as pessoas se mexam para poder encarar os problemas que temos na educação, melhorando cada vez mais e diminuindo os impactos negativos”, afirmou.

A sequência de palestras foi finalizada no período da tarde pelo professor Huemerson Maceti, da FHO/Uniararas, que falou dobre ciência e sociedade; e por Eduardo Shiniashiki, especialista em desenvolvimento das competências em liderança. O consultor trouxe para o debate formas de motivação que levem ao caminho do conhecimento e à melhoria da qualidade de vida.

“Estou achando maravilhosa todas as palestras. Não conhecia o Instituto Federal e gostei muito da infraestrutura. A organização está excelente e superou todas as expectativas”, declarou a professora Giovânia de Lourdes Moreira, da cidade de Alterosa.

O 3º Congresso de Educação da Amog é realizado em parceria com o Campus Muzambinho e a FHO/Uniararas. As atividades ocorrem no ginásio poliesportivo e seguem até a tarde deste sábado, 25 de fevereiro.

Texto: Joarle Magalhães/ Comunicação IFSULDEMINAS

 

 

Ankara Escort,cayyolu escort,

//